Professor da EMGE conquista prêmio de literatura

O professor da EMGE Escola de Engenharia e Computação, Jacques Fux, recebeu, na última semana, o selo de Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) para o seu livro “O Enigma do Infinito”, que entrelaça matemática e literatura para jovens leitores. A obra possui ilustrações de Raquel Matsushita e também está indicada como finalista para o Prêmio Jabuti 2020 na categoria de Projeto Gráfico. A cerimônia de premiação será realizada no dia 26 de novembro.

O “Enigma do Infinito” é o livro de estreia de Jacques Fux na literatura infanto-juvenil. Ao propor uma abordagem que foge ao senso comum sobre a matemática, o autor busca fundir a ciência exata com a literatura, despertando a curiosidade de jovens leitores de formas que vão para além da abordagem tradicional da matemática.

Você pode conferir uma resenha completa sobre a obra, escrita por Tadeu Sarmento, aqui!

Jacques Fux

Jacques Fux é graduado em Matemática e mestre em Ciência da Computação pela UFMG, doutor e pós-doutor em Literatura pela UFMG, pela Universidade de Lille 3 (França) e pela Unicamp, além de pesquisador visitante na Universidade de Harvard. É autor de obras como “Meshugá: um romance sobre a loucura”, “Antiterapias”, “Nobel”, dentre outras.