Regras são regras

Um novo semestre se inicia. Novas matérias, novos professores, novos amigos. Mas um pensamento se mantém: O sonho de se formar. São esses os entendimentos dos alunos da EMGE. Alguns dizem que Engenharia é uma área complicada e pra poucos, mas a verdade é que a faculdade sempre será um grande desafio. Certa vez, visitando um blog relacionado à Engenharia, observei que dizia o seguinte: “Um Engenheiro de alto nível é o produto de esforço de um estudante de engenharia que tem o interesse tanto em pesquisa quanto em mercado de trabalho”. Essa frase “cai como luva” para os estudantes da EMGE, pois todos têm uma imensa vontade de aprender, inovar e crescer.

Regras são Regras. Essa é uma famosa frase e na maioria das vezes assimilamos as regras como chatas e desnecessárias. No Laboratório de Química, por exemplo, existem várias delas. Em vez de a estudarmos (monotonamente), a Professora Aline Oliveira nos propôs um desafio: Criar maneiras diferentes de entendê-las e interpreta-las. E foi exatamente isso que a Turma CIVI2NA fez (com muito bom humor). Teve teatro, mímica e até o Joãozinho (aquele personagem das piadinhas) se meteu nessa. Com grande criatividade e euforia, os alunos fizeram um excelente trabalho, para que as normas (pelo menos nessa aula!) se tornassem divertidas e motivadoras.

Além de aprendermos sua importância, também observamos que elas estão ligadas à boa convivência em sociedade. Imagine se todos fizessem o que bem entendem? Seria uma desordem total. Assim foi mais um dia nessa brilhante instituição onde os professores e coordenadores almejam que nós alunos, alcancemos o mérito.

Obrigado Aline, por fazer que entendêssemos (divertidamente) a importância das Regras.

Por Matheus Carvalho Santos – Estudante de Engenharia Civil da EMGE – Turma CIVI2NA.

Turma CIVI2NA – Engenharia Civil EMGE