Corpo docente e coordenadores da EMGE discutem diretrizes

A Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE) realizou, na última sexta-feira (7), reunião geral com o corpo docente. Os debates foram conduzidos pela pró-reitora de ensino, Anacélia Santos Rocha, e abordaram diretrizes da pedagogia inaciana, processos avaliativos da EMGE e as novidades para o semestre letivo, entre outros pontos.

Além dos docentes, estiveram presentes o reitor da EMGE, Franclim Brito, o pró-reitor de extensão, Francisco Haas, o pró-reitor de pesquisa, José Antônio Souza, o coordenador do Ensino a Distância (EaD), Edmilson Ferreira, e o coordenador do NEP, Rogério Vieira.

A reunião teve início com a fala do reitor, que apresentou as melhorias instituídas na comunicação da Dom Helder e EMGE, com destaque para o Núcleo de Comunicação Estratégico (NECOM). Franclim também informou sobre as reformas em andamento, a construção de um novo laboratório e a nomeação da funcionária Paloma Bremer como secretária geral da EMGE.

No campo da pesquisa, José Antônio Souza falou sobre os grupos de iniciação científica já existentes e convidou os professores para a criação de um novo grupo multidisciplinar sobre Engenharia, Desenvolvimento Sustentável e Inteligência Artificial.

O Centro de Simulação e Intercâmbio (CSI) também participou da reunião, representado pela professora Aline Oliveira. Em sua fala, ela mencionou o Campeonato Estadual de Matemática (CEM), que abrirá inscrições para sua segunda edição em março. Os alunos que conquistaram o vice-campeonato em 2019 viajaram para São José dos Campos na última semana e os ganhadores do primeiro lugar conhecerão a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) em março.

O pró-reitor de extensão, também coordenador do Movimento Ecos, Francisco Haas, apresentou o projeto aos novos professores. Em 2019, o Ecos alcançou um número significativo de pessoas na Grande BH. Ao final da reunião, o professor Ricardo Freitas convidou a todos para se inscreverem no novo coral da Dom Helder e EMGE.