Atividade esportiva encerra o I Seminário de Engenharia Sustentável

Com a proposta de mostrar que a sustentabilidade envolve também cuidados com o corpo, a mente e a alimentação, a Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE) e a Atlética EMGE promoveram uma atividade diferente para o encerramento do I Seminário de Engenharia Sustentável. Ao invés do tradicional modelo de painéis e debates no auditório da Escola, a comunidade acadêmica reuniu-se na Praça Floriano Peixoto, no bairro Santa Efigênia. As roupas sociais deram lugar ao tênis e à camiseta. Já os ‘palestrantes’ da vez foram os educadores físicos da academia Corpo em Forma, que conduziram treinos funcionais e aulas de dança, e a nutricionista Denise Pacheco, com estande sobre alimentação e sustentabilidade.

“Precisamos ter consciência que a nossa alimentação tem interferência no ambiente e que podemos fazer melhores escolhas. O consumo de alimentos naturais e orgânicos incentiva a redução de agrotóxicos e auxilia as famílias que produzem esses alimentos, proporcionando a elas uma vida mais digna. Podemos também gerar menos lixo. Não adianta simplesmente querer a praticidade no nosso dia a dia, sem pensar no impacto que essa praticidade vai trazer”, apontou Denise. Para demonstrar as possibilidades do uso de alimentos orgânicos, a nutricionista ofereceu um delicioso bolo de abóbora moranga, que aproveita também a casca do vegetal.

Confira a notícia completa e o álbum de fotos!